FERNÃO DE MAGALHÃES

FERNÃO DE MAGALHÃES

Navegador

Oriundo do norte de Portugal, sem se saber em concreto a data e o local de nascimento. Morreu numa ilha das Filipinas, no ano de 1521. Veio muito novo para Lisboa, tornando-se escudeiro ao serviço de D. Manuel I.

Em 1505, fez parte da armada de D. Francisco de Almeida para a Índia, onde permaneceu vários anos.

Durante esta permanência no Oriente, participou em campanhas militares no Índico, lutando na conquista de Sofala, Quiloa e na tentativa falhada da conquista de Malaca.

Em 1513, Fernão de Magalhães embarcou para Portugal.

Enquanto aqui permaneceu, tomou parte em campanhas no norte de África.

Em 1517, devido a desentendimentos com D. Manuel I, saía de Portugal rumo a Espanha, oferecendo os seus serviços a Carlos I, futuro imperador Carlos V. Propôs-lhe atingir as Molucas por Ocidente. Comandando uma armada de cinco navios, ultrapassou o estreito situado no extremo sul do continente sul-americano, que ficará com o seu nome. Era sua pretensão realizar a primeira viagem de circum-navegação, objectivo que não cumpriu, pois morreu a lutar contra populações indígenas de uma ilha do arquipélago das Filipinas, em pleno oceano Pacífico.

Contudo, e depois de uma série de desaires com os sobreviventes, a viagem concretizou-se, chegando a Sevilha um só navio dos cinco que compunham a armada inicial.

CAMPOS, Nuno / CARNEIRO, Isabel: O Padrão dos Descobrimentos – roteiro para visita de estudo, Coimbra, 1994

Saber mais: CHAM FCSH – UNL